Chá de Panelas da Anelise

Dia 20 de agosto foi um dia muito especial para a noivinha Anelise, foi o dia do chá  de panelas dela, a última comemoração antes do casamento. Temático de Nova York, tinha decoração em roxo e amarelo, e comidas típicas americanas, como hamburgeres, hot dog, cupcakes…

A Noiva (Anelise) e o Noivo (Rafael)

E o Artesanato do Doce esteve presente lá com as lembrancinhas, lindos potinhos de brigadeiro de colher com tags do parceiro de sempre Nosso Cartoon.

Brigadeiros de colher do chá by Artesanato do Doce

Gostou dos nossos potinhos? Peça uma proposta para sua festa pelo e-mail: contato@artesanatododoce.com.br ou pelo telefone: 51 8407.1981

E obrigado a noivinha Anelise que nos deu a oportunidade de participar desse momento tão especial da vida dela.

 

Casamento Tatiana e Luiz Fernando

Tags

No dia 25 de junho de 2011, os queridos Tatiana e Luiz Fernando casaram em Pelotas. Foi uma festa linda, com decoração rústica e um sabooso rodízio de churrasco. De sobremesa não podia ter outra opção, os tradicionais doces de Pelotas.

A participação do Artesanato do Doce foi nas lembrancinhas. Nosso carro chefe hoje, os Brigadeiros de Colher em potinhos.

A montagem da mesa de lembrancinhas foi obra nossa, e ficou linda né?!

Desejamos toda a felicidade do mundo aos noivos e agradecemos por terem nos deixado participar desse momento tão especial na vida deles, principalmente por terem nos escolhido mesmo estando na terra do doce, Pelotas.

CONTATO

Telefone: (51) 8407-1981

E-mail: contato@artesanatododoce.com.br

Nossos Papos de Anjos

Tags

Pessoal esse post é para apresentar as embalagens dos nossos divinos Papos de Anjos, para quem não conhece o doce basta clicar aqui e conhecer um pouco mais dessa delícia.

Em calda ele é apresentado  em um vidro decorado com uma dúzia, e cristalizado também é fornecido por dúzias.

E ai? Vai resisitir?

CONTATO

Telefone: (51) 8407-1981

E-mail: contato@artesanatododoce.com.br

 

Casamento Giovana e Paulo

Tags

O Artesanato do Doce confeccionou os Cupcakes da mesa de doces e as lembrancinhas do casamento dos queridos Giovana e Paulo, que aconteceu em 27 de novembro de 2010, no Salão Por-do-Sol da AABB POrto Alegre.

Os Cupcakes, foram feitos de baunilha e chocolate, com recheios e coberturas de brigadeiro, tortinha de limão e doce de leite, decorados com pimentas (que era uma marca no casamento – o Noivo é Mexicano).

As lembrancinhas, eram potinhos de brigadeiro de colher, decorados com tecido de pimentas e com a TAG dos Noivos, lindos e saborosos.

O Artesanato do Doce agradece à esses noivos tão queridos e especiais, a oportunidade de participar desse momento tão especial. Toda a felicidade do mundo para eles.

CONTATO

Telefone: (51) 8407-1981

E-mail: contato@artesanatododoce.com.br

 

Brigadeiro de Colher

Tags

Essa é uma novidade do “Artesanato do Doce”, Brigadeiro de Colher. No momento é o que há de diferente para festas e eventos. Podem ser confeccionados em mini taças e mini copos de acrílico (foto 1), ou em mini vidros tipo compotas decorados (foto 2) que podem ser usadas como lembrancinhas.

 

CONTATO

Telefone: (51) 8407-1981

E-mail: contato@artesanatododoce.com.br


 

Ambrosia: o manjar dos deuses do Olimpo

Tags

HISTÓRIA

Ambrosia, o manjar dos deuses do Olimpo, era um doce com divinal sabor, segundo a mitologia grega. Era tão poderoso que se um mortal, a quem era vedado, a comesse, ganharia a imortalidade. Conta a história, que quando os deuses o ofereciam a algum humano, este, ao experimentá-lo, sentia uma sensação de extrema felicidade. O nome Ambrósio, que vem da mesma raiz, significa divino e imortal.

A ambrosia é uma sobremesa tradicional portuguesa. É também o mais antigo doce de Minas Gerais e igualmente muito popular no Rio Grande do Sul. Iguaria muito apreciada, é feita à base de ovos batidos cozidos em leite adocicado e perfumado com baunilha. É considerado doce de colher ou doce de compoteira. A sua origem é discutível, sendo citado como sendo tanto de Portugal quanto da Espanha.

DICAS

Pode ser servida em travessas quando apresentada para convidados em jantares. Pode ser oferecida em potinhos, quando em festas de aniversários e chás da tarde.

COMERCIALIZAÇÃO

A Ambrosia do Artesanato do Doce é vendida em vidros de 500g, em forma de compota.

CONTATO

Telefone: (51) 8407-1981

E-mail: contato@artesanatododoce.com.br

 

A origem histórica do Papo-de-Anjo

Tags

, ,

HISTÓRIA

O Papo-de-Anjo é um doce típico português, assim como a mioria dos doces a base de ovos, especificamente da gema. Entre os séculos 18 e 19, Portugal era o principal produtor de ovos da Europa (possivelmente do mundo). A maior parte de sua produção tinha destino certo: fornecer clara para utilização na atividade manufatureira. A clara era usada como purificador na fabricação de vinho branco e, principalmente, para engomar os ternos dos chiques e elegantes do mundo ocidental.

E com tanta clara sendo exportada, o que Portugal fazia com a gema, que excedia todos os anos, às toneladas? Inicialmente, jogava fora ou dava aos porcos. Nas fazendas e criações mantidas pela Igreja, nos mosteiros e, principalmente, nos conventos que se espalhavam às centenas no interior do país, a gema era a principal fonte de alimentação para as criações de porcos e outros animais, que por sua vez eram a principal fonte de alimentação de monges, freiras e aldeões das redondezas. Mas a gema disponível era tanta que ainda assim sobrava.

A quantidade de matéria prima – aliado à fartura do açúcar que vinha das colônias portuguesas – foi a inspiração inicial para o surgimento de experimentos doceiros à base da gema de ovos, realizados pelas cozinheiras dos conventos. Não por acaso, muitos nomes de doces portugueses são insipirados na fé católica, como a barriga de freira, o toucinho do céu, o papo-de-anjo, a fatia-de-bispo e o pão-de-ló, que homenageia Ló, sobrinho de Abraão, salvo por anjos de Gomorra, às vésperas da destruição da cidade pela ira de Deus.

O destino dos doces, mais do que a alimentação dos religiosos, era a venda nos vilarejos das redondezas. A renda de sua comercialização servia para fortalecer o orçamento dos conventos. Aos poucos, o ofício da confecção dos doces passou das freiras para as mulheres que, por diversas razões, eram criadas dentro dos conventos. Rapidamente, os doces de ovos passaram a ser fonte importante de renda em muitas vilas do interior de Portugal. E começaram a chamar atenção nas cidades maiores. Foram parar nos restaurantes de Lisboa, do Porto, de Setúbal, de Guimarães. E daí para o mundo.

DICA

Que tal uma sobremesa divina como o Papo-de-Anjo para adoçar seu almoço ou jantar? Para agradar suas amigas naquele chá de sábado à tarde. Ou ainda, encomendar um vidro decorado com o doce para presentear alguém querido?

Basta encomendar do Artesanato do Doce com um dia de antecedência e pronto. Você terá acesso a um dos mais tradicionais e fino doce portugues.

COMERCIALIZAÇÃO

O Artesanato do Doce fabrica Papos-de-Anjos tanto em calda (em forma de compota) como seco (envolto no açúcar crital). E são comercializado por dúzias (12 unidades).

CONTATO

Telefone: (51)8407-1981

e-mail: contato@artesanatododoce.com.br

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.